Andando pelos Parceiros: Senepol da Conquista

Senepol da Conquista cresceu a partir de grandes coincidências

Fábio Mello conduz o seu Senepol da Conquista com planejamento e tecnologia.

Fábio Mello conduz o seu Senepol da Conquista com planejamento e tecnologia.

Não tinha como ser de outra forma, de outra cor. O gado da Fazenda Conquista, no município de Rosário Oeste/MT, 115 km de Cuiabá, tinha de ser o Senepol. A raça escolhida pelo advogado Fábio Mello só podia ser uma que atendesse seu projeto de formar bons touros para distribuir para a maior pecuária do Brasil. E o Senepol está dando razão a uma decisão que ele tomou a partir de uma série de coincidências.

As três primeiras vacas que Fábio Melo comprou foram na Feicorte, em julho de 2013, entre elas uma novilha, da Grama Senepol, que algumas semanas depois se tornou Safira Top 10. “O legal é que 15 dias antes eu conversava com um amigo em Cuiabá, o Nenê Basílio, irmão do seu Jorge Basílio (Coroados Senepol, de Juína/MT), e eu tinha comprado a fazenda fazia quase um ano, precisava decidir que raça criar para o meu projeto de formar touros”, conta Fábio Melo, também quatro vezes campeão de Team Penning, com o Quarto-de-Milha. “Esse amigo falou muito bem do Senepol e eu decidi conferir de perto, na Feicorte”.

Mas as coincidências não param por aí. Um cliente ligou de Cuiabá e o encontrou em pleno Centro de Exposições Imigrantes conhecendo de perto o Senepol. Indicou a ele procurar um criador importante que era seu primo: Itamar Netto. “Você não acredita que eu, falando ao telefone, olhei o crachá do homem que estava na minha frente e estava escrito Itamar Netto”, diverte-se ainda hoje.

Daí para frente, a história se assemelha à de muitos selecionadores que descobriram o poder de multiplicação da raça através de tecnologias. “Primeira coisa foi aceitar o convite para entrar para o grupo Parceiros do Senepol”, relata. “Isso me deu muita segurança em termos técnicos e para os negócios que eu queria gerar com aquele investimento”, acrescenta, lembrando que prosseguiu nas aquisições criteriosas e assistidas pela equipe da S+.

Hoje, a taxa de aproveitamento na FIV está em 53%, bem acima da média nacional. A Fazenda sincroniza cio e usa sexado em uma parte. O objetivo continua sendo produzir touros e selecionar fêmeas para ampliar plantel. O Senepol da Conquista conta hoje com 34 doadoras em aspiração, com 50 produtos nascidos e previsão para mais 68 novos produtos ainda em 2014. Para o ano que vem, já estão a caminho mais de 200 nascimentos. “As receptoras são boas, os pastos são rotacionados, meus veterinários, pai e filho, são muito experientes, mas acima de tudo as doadoras foram muito bem escolhidas, então eu fico animado”, afirma o selecionador.

Para 2015, Fábio Melo planeja um leilão próprio em parceria com Jorge Basílio, durante a Expoagro, em Cuiabá/MT. “Vamos selecionar o que há de melhor, para dar ao mercado aquilo que um dia fomos buscar”, conclui.

Categorias: Notícias, Parceiros do Senepol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , .
Bookmark the permalink.

Os comentários estão desativados.