Andando pelos Parceiros: Senepol Giongo

Giongo pavimenta caminho para distribuição de genética Senepol

 

Novilhas e jovens doadoras do Senepol Giongo a campo em Paranatinga/MT.

Novilhas e jovens doadoras do Senepol Giongo a campo em Paranatinga/MT.

Já nasceu e está crescendo uma grande opção de Senepol no Mato Grosso. Giongo Senepol é a marca criada pelo empresário Leonardo Giongo, com foco em seleção de animais altamente qualificados no grupo Parceiros do Senepol, que ele aderiu ao perceber a necessidade de confiar nos produtos que investe para produzir sua própria genética.

Faz dois anos que começaram os investimentos na raça, tempo em que o médico veterinário Astrolino Júnior assumiu a diretoria de pecuária do grupo. “Pra gente ter segurança, uma das primeiras providências foi se agarrar ao conhecimento dessa turma da S+”, lembra o veterinário. A S+ é a empresa que coordena o grupo Parceiros do Senepol e presta serviços de assessoria técnica e comercial aos integrantes do grupo.

Foi o que os gestores Alex Marconato e Luciano Aranha foram fazer numa das fazendas do grupo, em Paranatinga/MT, onde está a unidade de produção. Ali, as matrizes Nelore viram mães de bezerros Senepol que a empresa vende com valor agregado. Como os que já foram negociados aos quatro meses de idade e entregues aos sete, com média de peso de 240 quilos, 100% a pasto. “Isso deixa qualquer cliente doido, porque não tem um grama de ração”, espanta-se.

 Astrolino (centro) com os técnicos Alex Marconato (esq.) e Lucinao Aranha: confiança na assessoria.

Astrolino (centro) com os técnicos Alex Marconato (esq.) e Lucinao Aranha: confiança na assessoria.

Como somente os touros bem produzidos podem gerar esses frutos, a demanda é grande e a Giongo precisa recusar pedidos de touros para venda. Primeiro porque absorve ainda os machos para o seu plantel e, segundo, porque está planejando entrar no mercado com volume e qualidade necessários para atender a essa demanda. “Com essa autonomia de investimento e essa assessoria bem feita que eles prestam, a gente vai chegar rápido ao nosso objetivo, já que o Senepol permite isso, quando a gente tem responsabilidade”.

Marconato e Aranha fizeram em abril a programação dos acasalamentos de FIV e TE que a Giongo vai implantar para produzir até 300 animais ainda este ano. Tudo fruto das primeiras fêmeas adquiridas e de Safiras Top 10 e Superior adquiridas nos leilões mais recentes da raça, como Show Senepol e Grama 16 Anos, ou em visitas assistidas a fazendas como ITA, Terra e R3, em Goiás.

“Só compramos produtos top, porque confiamos demais nessa turma”, afirma o diretor da Giongo. “Estão para nascer os primeiros frutos desses investimentos”. Além disso, vai começar no rebanho a seleção das principais bezerras que a Giongo quer enviar para avaliação no programa Safiras do Senepol já no ano que vem.

Com tanta credibilidade nos investimentos bem dirigidos e a responsabilidade que se mistura ao entusiasmo pela raça, a Giongo já pavimentou esse caminho para subir com o Senepol. É só o tempo de percorrer. E esse tempo já chegou.

Categorias: Notícias, Notícias Parceiros, Parceiros do Senepol.
Bookmark the permalink.

Os comentários estão desativados.