Andando pelos Parceiros – Senepol Terra Verde

SENEPOL COLOCA FIM AS DÚVIDAS NA FAZENDA TERRA VERDE

Foram muitas as raças que a família de Darlon Port utilizou para conseguir o melhor produto de cruzamento industrial na pecuária. Até que encontrou o Senepol. De comprador de touros, passou a selecionar e, em um instante, começou a virar também fornecedor de genética. “Mas tudo isso foi feito com muita pesquisa”, ressalta Darlon, criador do Senepol Terra Verde.

PastedGraphic-1

Rebanho Terra Verde começa a se avolumar em Goiás para produzir qualidade.

Os paranaenses da família Port conheceram o Senepol ainda em 1997, quando tinham fazenda no Paraguai e viram os primeiros reprodutores expostos na feira de Mariano Roque Alonso. “A gente achou muito interessante, mas não demos muita bola. Hoje eu me arrependo de não ter investido antes”, admite. A família sempre se dedicou à soja e, em Alexânia/GO, Darlon buscou na pecuária seletiva as melhores alternativas para ter o que cruzar com a vacada comercial em Tocantins. “A gente precisava de touros e testamos quase de tudo, mas foi o Senepol que nos convenceu”. Ele lembra que visitou muitos criadores e se encantou pela seleção. Comprou as primeiras doadoras jovens no Leilão Safiras do Senepol, no fim de 2010, e entregou-se à avaliação, para atender uma demanda que ainda é crescente.

Para atendê-la com a responsabilidade que o grupo Parceiros do Senepol prega, o Senepol Terra Verde continua avaliando. De suas primeiras novilhas inscritas no Safiras do Senepol, no ano passado, já tirou Safiras Elite e Top 10. “Essa avaliação é importante, porque o mercado não é besta e todo selecionador quer um animal bem avaliado, como eu sempre procurei e procuro”. É com esse critério que ele vem recebendo convite para vender em leilões importantes da raça. Em 2015, mais produtos Terra Verde estarão à disposição.

PastedGraphic-2

PORT 21 – Safira, filha de Caribe

Categorias: Notícias, Notícias Parceiros, Parceiros do Senepol.
Bookmark the permalink.

Os comentários estão desativados.