Rendimento de ZT 90 na IATF supera as expectativas em Barra do Garças/MT

Já valeu a pena o investimento que Etiene Silva fez no sêmen do touro ZT 90 para produzir meio-sangue na Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT. Pecuarista e selecionador criterioso ele comemorou na atual safra desmamas que passaram de 220 kg as fêmeas e 250 kg os machos estritamente a pasto, sem creepfeeding. “Foram os melhores resultados que já obtivemos”, resume o criador.

Foi comprando touros Senepol na Fazenda da Grama há cinco anos que Etiene conheceu a força do cruzamento industrial que o taurino adaptado poderia oferecer à sua pecuária de corte. O que era um projeto em pequena extensão foi na primeira safra um convite a investir na raça. Tanto que ele passou a selecionar com a marca Ipê Senepol investindo em doadoras que hoje divide com parceiros como RF Senepol, de Rone Carrijo, e Arroba Senepol, de José Ramon Ribeiro, o Pepe, todos vizinhos em Franca/SP. Mas foi na extensão, no campo, que suas contas começaram a fazer a diferença e atrai-lo para o gado puro.

Nosso projeto era desmamar bem a bezerrada e eu fui na S+ para saber que touro poderia me dar mais peso, descobri no ZT 90 essa possibilidade e o resultado foi excepcional”, comenta Etiente Silva, que divide a condução da fazenda com os filhos Felipe e Leonardo, ambos universitários, mas com os olhos voltados para o campo.

O sêmen adquirido na S+ ele utilizou em suas vacas Nelore para tirar 225 bezerros e bezerras meio-sangue, com resultado superior aos 83% de prenhez.

Meu gerente nunca tinha visto tanto bezerro Senepol e ficamos todos impressionados com o peso, a conformação padronizada e o comportamento dessas crias”, conta o criador. “E tudo só na teta e no pasto, sem nenhum suplemento”, espanta-se.

Ele programa segurar as fêmeas meio-sangue para continuar a seleção de matrizes que receberão em breve mais influência de Senepol no cruzamento industrial ou para receber os embriões que ele adquire para ampliar o plantel do Ipê Senepol. Os machos? “Esses vão pagar as contas da fazenda, porque o resultado econômico desse choque de sangue de uma boa mãe com sêmen de qualidade é muito positivo e por isso estamos muito satisfeitos”, conclui.

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

02_3BezerradaIpe

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

02_5BezerradaIpe

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

02_6BezerradaIpe

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Bezerrada padronizada da Fazenda Vale do Ipê, em Barra do Garças/MT, desmamada com 220 kg (fêmeas) e 250 kg (machos) estritamente a pasto. (Fotos cedidas pelo criador)

Touro ZT 90, da bateria da S+, foi usado na Vale do Ipê para produzir a bezerrada que rendeu melhor desmama na fazenda. (Foto: Arquivo S+)

Categorias: Notícias.
Tags: , , , , , , .
Bookmark the permalink.

Os comentários estão desativados.