Safiras Genetropic faz média de R$ 42,1 mil

Catálogo do leilão Safiras Genetropic: liquidez e valorização naturais na raça

Catálogo do leilão Safiras Genetropic: liquidez e valorização naturais na raça

Mudou a data, mas não o interesse do mercado por animais qualificados e superiores. O Leilão Virtual Safiras Genetropic, que aconteceu no dia 29 de maio, foi o primeiro realizado por uma marca líder no programa de avaliação de fêmeas e em uma época diferente do normal – sempre foi em setembro. Mas a valorização e liquidez, mais uma vez, justificaram a importância do teste, que já avaliou 1.200 fêmeas jovens. A média do leilão atingiu R$ 42.100,00, para os 34 lotes vendidos, com a transmissão do Canal do Boi.

Criadores de todo o Brasil se reuniram em ponto de apoio no Hotel Kehdi, em Barretos/SP

Criadores de todo o Brasil se reuniram em ponto de apoio no Hotel Kehdi, em Barretos/SP

“É mais uma prova do reconhecimento que o mercado tem dado a animais avaliados e qualificados”, atesta Jairo Ferreira Lima, da Genetropic, primeiro a ter o direito de realizar um leilão Safiras pelo volume de doadoras identificadas historicamente na prova. “O mercado confia nessa identificação de doadoras jovens por causa do critério da prova e a marca Genetropic sempre foi muito forte, por isso esse reconhecimento”, completa Júnior Fernandes, da S+, empresa que coordena o grupo Parceiros do Senepol e que assessorou o leilão.

Ponto de apoio, no Hotel Kehdi, em Barretos/SP, teve disputa pelas Safiras Genetropic

Ponto de apoio, no Hotel Kehdi, em Barretos/SP, teve disputa pelas Safiras Genetropic

O lote mais destacado do remate foi a Safira Top 10 GENE 444, filha de CN5938D em vaca 525 da Repro. Ela foi vendida 50% para o criatório JMO Senepol, de Juraci Martins de Oliveira, de Rio Verde/GO. Atingiu valorização de R$ 108 mil. Foi uma das sete Safiras Top 10 vendidas, entre outras Safiras Elite e Superior.

Jairo Ferreira Lima (direita) recebe homenagem da família pela contribuição ao Senepol

Jairo Ferreira Lima (direita) recebe homenagem da família pela contribuição ao Senepol

O leilão revelou, também, três novos criadores ingressando no Senepol puro. Entre eles, o primeiro criador do Piauí a investir na raça. “Uma mostra de que o Senpeol ainda tem fronteiras para ir quebrando e se estabelecendo”, comemorou Júnior Fernandes.

Fotos: Fábio Carvalho

Jovem doadora GENE 444, lote mais valorizado do leilão. Foto: Reprodução Celeiro Produções

Jovem doadora GENE 444, lote mais valorizado do leilão.
Foto: Reprodução Celeiro Produções

Categorias: Notícias.
Bookmark the permalink.

Os comentários estão desativados.