Senepol Solidário cumpre meta de R$ 1 milhão em doação ao Hospital de Câncer de Barretos

04-visitaParceirosSenepol-HCBarretos2015

Júnior Fernandes (esq.), da S+, e Deizinho Bellodi, do Viola do Bem, com o presidente do HCB, Henrique Prata, na nova ala Victor & Leo.

Cumprida a meta! O balanço final do Leilão Senepol Solidário do dia 2 de dezembro, na Usina Santa Adélia, em Jaboticabal/SP, bem poderia se resumir assim. Mas o dia foi muito mais que o resultado de R$ 1 milhão obtido com a venda de 30 lotes em prol do Hospital de Câncer de Barretos (HCB).Foi um dia completo, abençoado, que nos deixa plenos de satisfação, com aquele sentimento do dever cumprido, que era ajudar a quem precisa”, declarou Júnior Fernandes, da S+, ao final da noite.

O dia começou com uma reunião de 30 criadores, de 22 marcas, ocorrida no Kehdi Hotel, em Barretos/SP, em que os integrantes do grupo Parceiros do Senepol aprovaram as contas e ações da S+ na coordenação do grupo, bem como traçaram a estratégia para 2016.

20 criatórios foram representados na reunião que aprovou balanço e estratégias para 2016 da S+ para o Grupo Parceiros do Senepol. (Fotos: Assessoria de Comunicação S+)

20 criatórios foram representados na reunião que aprovou balanço e estratégias para 2016 da S+ para o Grupo Parceiros do Senepol. (Fotos: Assessoria de Comunicação S+)

Em seguida, um grupo de 40 criadores e suas famílias percorreram as instalações do HCB, acompanhados de alguns dos diretores da instituição. Viram instalações com modernos equipamentos e tecnologias que transformam o HCB em referência mundial na prevenção e tratamento do câncer. Visitaram pacientes em diversas alas e terminaram na infantil, onde interagiram com algumas crianças.

Diretoria do Hospital de Câncer de Barretos apresenta instituição aos Parceiros do Senepol.

Diretoria do Hospital de Câncer de Barretos apresenta instituição aos Parceiros do Senepol.

A última etapa foi a inauguração do pavilhão Victor & Leo, com a dupla sertaneja acompanhada do presidente do HCB, Henrique Prata, na ala que se destinará à prevenção do câncer colorretal, outro projeto pioneiro do hospital, que vive do suporte financeiro oferecido por ações como o Senepol Solidário e shows beneficentes.“O importante não é o número, mas a atitude desse grupo de criadores, esse exemplo que deve arrastar outros”, discursou Henrique Prata, cobrando mais do governo federal, que não repassa à instituição metade do necessário para manter os atendimentos – tem custo total de R$ 410 milhões/ano.

Criadores de Senepol visitam alas do Hospital de Câncer, em Barretos.

Criadores de Senepol visitam alas do Hospital de Câncer, em Barretos.

Inauguração do pavilhão Victor & Leo, com a dupla sertaneja acompanhada do presidente do HCB, Henrique Prata.

Inauguração do pavilhão Victor & Leo, com a dupla sertaneja acompanhada do presidente do HCB, Henrique Prata.

Em nome de todos os pacientes, colaboradores e da nossa família aqui do hospital, nós queremos agradecer o grupo Parceiros do Senepol, a S+, o Viola do Bem e essa dupla maravilhosa Victor e Léo, pela disponibilidade de ajudar a quem precisa”, concluiu. “Se for para fazer o bem, a gente fica três dias dando show sem parar, pra nós é uma honra”, declarou Léo. “Mais do que um endereço que leve o nosso nome, como esse pavilhão, o importante é o que podemos contribuir”, emendou Victor. Eles ainda encerrariam a noite cumprindo a meta do leilão Senepol Solidário.

Cada criatório doou um dos 30 lotes de genética apurada entre bezerras, fêmeas e prenhezes de grandes matriarcas do Senepol brasileiro. A arrecadação, entre vendas e doações, foi de R$ 900 mil. No meio do show, organizado pelo Viola do Bem, parceiro da S+ na condução do leilão, Victor e Leo foram homenageados pela família Z. Bellodi.

Júnior Fernandes e Deizinho Bellodi ouvem da dupla Victor & Leo, ainda no palco, o complemento de doação que cumpre a meta de arrecadação do leilão Senepol Solidário.

Júnior Fernandes e Deizinho Bellodi ouvem da dupla Victor & Leo, ainda no palco, o complemento de doação que cumpre a meta de arrecadação do leilão Senepol Solidário.

Victor chamou Júnior Fernandes num canto do palco e, ao saber que a meta havia quase sido cumprida, doou o que faltava, criando ambiente de muita euforia no salão do clube social da usina. “Gestos como esse nos motivam a trabalhar cada vez mais. Quem foi ao hospital e viu o que é a luta contra esse mal do século, sabe que tudo o que podemos fazer ainda parece pouco”, comemorou Alex Marconato, da S+ Senepol. “Uma atitude como essa dá esperança a muitas pessoas que precisam de tratamento e não podem bancar, por isso a gente fica muito agradecido pela participação de vocês”, concluiu, emocionado, o representante do Viola do Bem, Deizinho Bellodi. No meio de tanta festa, sobrou genética, benevolência e emoção proporcionadas pelo Senepol e pela arte de Victor & Leo.

Categorias: Notícias, Notícias Parceiros.
Tags: , , , , , , .
Bookmark the permalink.

Os comentários estão desativados.